Menu

O Maluco Beleza no Jornal Nacional

28 AGO 2017
28 de Agosto de 2017

Por Ivan da Luz


         Ouro de tolo, durante a Idade Média, era uma expressão irônica utilizada em referência a falsos alquimistas que prometiam realmente transformar chumbo em ouro, quando o ensinamento da verdadeira alquimia era, na verdade, metafórica ou simbólica, referindo-se à transformação espiritual do homem de um estado "pesado", o chumbo, para outro de “elevação”, o ouro, metal mais precioso que se conhecia.  


Veremos, não é à toa a expressão ter batizado o grande sucesso de Raul Seixas, e Paulo Coelho, em 1973.

 

Aliás, foi Paulo Coelho quem idealizou a estratégia de marketing para divulgar o compacto e, mais tarde, o álbum em que a canção foi lançada. A Phillips, importante gravadora da época, incentivou a idéia. Um dia antes a imprensa foi informada da passeata de Paulo, Raul e amigos, pela movimentada avenida carioca Rio Branco, violão em punho, entoando a canção. Devido a letra da canção, o fato causou um grande barulho. O Jornal Nacional, ao vivo, mostrou o evento (claro que o horário da passeata também foi pensado).


Muita gente se juntou à dupla durante a passeata. A canção foi muito pedida nas rádios, o compacto (que tinha A Hora Do Trem Passar no lado B) se esvaiu das prateleiras das lojas. Mais tarde, o disco Krig-Ha Bandolo foi um grande sucesso e Raul passou a lotar shows pelo Brasil. O álbum tem ácidas e irreverentes críticas ao status quo promovido pelo governos ditatorial da época.


Claro que o acontecimento e suas deflagrações deixaram os militares alertas com Raul e Paulo- no ano seguinte foram presos e torturados pelo DOPS e exilados para fora do país, também por conta da fundação oficial da Sociedade Alternativa, a partir de preceitos do ocultista e filósofo Alester Crowley, que a comunidade hippie reverenciava.


Ouro De Tolo critica a boa vida da classe média, revelando a euforia de um cidadão por causa da sua aparente estabilidade social e econômica através de um "ouro de tolo". Lembra do significado da expressão no primeiro parágrafo?


Considerando a década de 70, em plenos "anos de chumbo", Paulo e Raul reduzem os benefícios recebidos pela  classe média que apoiou o plano econômico da ditadura militar, indicando que o verdadeiro ouro estava no despertar da consciência de cada indivíduo, visando a construção da tal Sociedade Alternativa, e não no discurso ditatorial, onde a tal "sombra sonora de um disco voador" faz alusão ao surgimento dessa tal sociedade sonhada pelo Maluco Beleza.

 

 É incrível como Raul e Paulo Coelho captaram um conceito da Idade Média (era das tervas) e o relacionou  às "trevas" que o Brasil enfrentava, posições. Apresentada ao país com muita atitude, Ouro De Tolo foi o primeiro grande sucesso nacional de Raul. Se formos humanos, ridículos, limitados, que só usamos 10% de nossa cabeça animal, por outro lado, também temos uma porção de coisas grandes para conquistar e por isso não podemos ficar parados..

Voltar
Tenha você também a sua rádio